Diferença entre MDP e MDF

Na hora de montar um projeto de interiores, dúvidas na escolha de matérias-primas, cores e texturas são comuns. O mesmo podemos dizer da escolha de painéis de madeira, como MDF ou MDP, entre outros. Seja para casa ou escritório, esse detalhe faz grande diferença neste momento e, além da qualidade dos produtos escolhidos, é importante entender o potencial e finalidade de cada um.

Conhecendo os painéis de MDF e MDP 

Existem diferentes opções de painéis de madeira para a fabricação de móveis em série ou sob medida. Os mais utilizados, hoje, são MDP e MDF. Ambos apresentam aplicações bastante distintas, mas todos podem compor o mesmo mobiliário.

O exemplo mais comum, é a comparação entre aglomerado e MDP. Esta comparação é completamente errada pois trata – se produtos distintos e além disso, nem todas as informações que se encontram na internet trazem dados corretos.

MDP (Medium Density Particleboard) 

Painel de madeira formado por partículas de madeira de média densidade, é também o mais consumido no mundo. É produzido em prensas contínuas de última geração, sendo um dos produtos mais tecnológicos e econômicos para produção de móveis de linhas retas ou que precisam receber pinturas e revestimentos de qualquer material. Destaca-se ainda pela menor absorção superficial, assegurada pela perfeita distribuição das partículas de madeira no painel.

Muitas vezes confundido com o antigo aglomerado (o que é um erro!), o MDP apresenta excelente resultado em móveis para para escritórios, residencias e painéis para decoração. O Painel em MDP é muito resistente devido as diferentes camadas de materiais da sua estrutura, o que faz dele um material difícil de empenar, sendo possível montá-los e desmonta-los quantas vezes necessário, não somente por sua estrutura e sim pelas ferragens que são utilizadas para desenvolvimento dos móveis, o que lhe garante uma vida útil muito grande.

MDF (Medium Density Fiberboard) 

Ideal para processos de usinagem e baixo relevo, o MDF é formado por fibras unidas de média densidade. É esta característica, além do uso de mais resina na prensa do painel, que acaba distinguindo o valor de preço do MDF e do MDP. Produzido a partir de madeira Pinus, o painel possui coloração clara e grande maleabilidade, que garantem ótimas condições para corte, entalhes ou cantos arredondados para a aplicação de pintura.

Pode ser usado em todos os tipos de móveis, desde peças que necessitem de usinagens mais detalhadas até trabalhos mais simples. Também é utilizado em embalagens, construção civil e peças de artesanato.